Chegou o Outubro Rosa!

02/10/2018
A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, inicia a Campanha Outubro Rosa em Guaratinguetá. Durante este mês, serão realizadas atividades para conscientização na cidade. Terá roda de conversa sobre câncer de mama e colo de útero, com o Dr. José Antônio na ESF do São Manoel, no dia 11/10 às 8h30, além do “Café e Homenagem” com música ao vivo na ESF do Tamandaré no dia 16/10, às 8h. Materiais educativos e informações nas redes sociais serão parte da ação realizada pela Secretaria de Saúde.
Outubro Rosa é um movimento internacional que visa conscientizar a respeito da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, aumentando as chances de cura e redução de mortalidade. O movimento tem como público-alvo mulheres, sendo elas mais atingidas pelo câncer, com 99% dos casos. As chances de cura para os casos descobertos precocemente são em média de 88.3% e aproximadamente 30% dos casos podem ser evitados com hábitos saudáveis. Confira dicas de prevenção:

  • Faça o autoexame. Cerca de 80% dos casos são descobertos por ele. O câncer de mama é silencioso. Sem sintomas, portanto não deixe de fazer o autoexame.
  • Tenha uma alimentação equilibrada rica em frutas, legumes e verduras. Lentilha, feijão branco e grão-de-bico ajudam a prevenir o surgimento de compostos cancerígenos.
  • Tome sopa de tomate e suco de cenoura. Faça essa refeição pelo menos 2 vezes por semana. Ela fornece antioxidantes que reduzem os riscos de câncer de mama.
  • Pratique uma atividade física e saia do sedentarismo. Mulheres obesas produzem maiores quantidades de estrogêneo, que é um hormônio feminino ligado ao aparecimento de compostos cancerígenos.
  • Tome um banho de sol de 10 minutos antes das 10h e depois das 16h. O sol aumenta a produção de vitamina D do corpo, o que reduz pela metade os riscos de se ter câncer de mama.
  • Não fume. Pesquisas afirmam que fumar aumenta em muito as chances de se ter câncer de mama.
  • Não beba. O consumo de bebida alcoólica aumenta as chances de desenvolver câncer de mama, principalmente se for associada ao tabaco.
  • Se você tem mais de 40 anos, faça a mamografia a cada 2 anos.
Skip to content