Prefeitura de Guaratinguetá intensifica ações de combate à dengue, zika vírus e chikungunya

A Prefeitura de Guaratinguetá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde e em parceria com a Vigilância em Saúde, está intensificando as ações de combate à dengue, zika vírus e chikungunya no município. Neste mês de janeiro, a vigilância está realizando uma atividade denominada ADL (Avaliação de Densidade Larvária), que informa o registro de infestação e locais de reprodução do mosquito Aedes Aegypti na cidade.
No último sábado, foi iniciada uma ação para vistoria nas residências. Ao todo, 40 funcionários e três supervisores da vigilância visitam a cada sábado um bairro da cidade. A meta é atingir 800 casas por sábado, até o dia 30 de abril. Durante a visita, quando há necessidade os agentes aplicam o material larvicida nos criadouros. Os funcionários que realizam as vistorias são uniformizados e identificados.
Em outubro de 2016, Guaratinguetá registrou um índice de infestação da dengue com média 1,8, ou seja, a cada 100 casas vistoriadas, aproximadamente duas registraram criadouros com larvas do Aedes Aegypti.
A Vigilância em Saúde pede aos moradores que façam vistorias em ralos, pratos de plantas, bebedouros, pneus e outros pontos que possam ter água parada e que são propícios à proliferação da dengue. É importante ressaltar que 90% dos criadouros da dengue estão nas residências e, com as chuvas e temperaturas elevadas neste período do ano, é maior o favorecimento para a proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

Skip to content