Dia da Juventude Constitucionalista/Soldado Constitucionalista

22/05/2021

Hoje é celebrado o Dia da Juventude Constitucionalista ou do Soldado Constitucionalista, data essa que se inicia a reflexão histórica acerca da Revolução Constitucionalista de 1932. Tudo se inicia um dia antes, no dia 22 de maio de 1932 com a chegada de Osvaldo Aranha, Ministro da Fazenda de Getúlio Vargas. O Brasil vivia os tempos do “Governo Provisório” varguista.
A população de São Paulo, ciosa de que a falta de uma constituição era prejudicial para o bom andamento do governo do país e também fazendo a aspiração de ter logo uma constituição converteria esse comício simpático ao governo em um ato de protesto. Em 23 de maio, durante esse protesto, a polícia especial de Getúlio atira na multidão e mata a queima roupa, 11 pessoas. Nessas 11 pessoas se encontravam o Martins, Miragaia, Dráuzio e Camargo. Essas quatro pessoas morrem naquele mesmo momento, inclusive Dráuzio, que tinha 14 anos na época.
Logo depois desse atentado é criada a executiva do MMDC, que seria a organização que iria colocar em prática os ideais da Revolução Constitucionalista de 1932. Guaratinguetá foi sede do Comando da Frente Norte, teve a Casa do Soldado Constitucionalista (foi no prédio da ACEG) e teve, direta e indiretamente ligado ao movimento mais de 150 pessoas. Hoje a cidade tem uma Lei Municipal que exalta a data, que é a Lei 4.993 de 10 de setembro de 2019, que teve por iniciativa da Sociedade Heróis Desconhecido e propositura do vereador Dr Werneck.

Autor: Leandro Pereira dos Santos (Historiador, MTE 0000275/SP) e Diretor Administrativo da Sociedade Heróis Desconhecidos.

Skip to content