Guaratinguetá realiza Concurso Moda Inclusiva

A décima edição do Concurso de Moda Inclusiva foi realizada nesta quarta-feira (20) e contou com a participação de mães de alunos da APAE de Guaratinguetá, que realizaram desenhos de looks para pessoas com deficiência. Elas tiveram a orientação da idealizadora do projeto na Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Daniela Auler.

A vencedora do concurso foi Arely Vieira, mãe de Bete, que tem paralisia cerebral, e Samuel que é autista. Ela representará a cidade na fase final que vai acontecer em São Paulo no dia 28 de novembro. Além disso, houve também desfile de moda com alunos da APAE usando peças do acervo do Concurso de edições anteriores.

A ideia de tornar o Concurso Moda Inclusiva internacional surgiu da necessidade de convidar participantes de todo o mundo a compartilhar soluções inovadoras que podem contribuir no bem-estar e na qualidade de vida das pessoas com deficiência, além de apresentar novos conceitos à moda.

O Concurso é uma iniciativa da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência com o apoio da Prefeitura de Guaratinguetá, por meio da Secretaria da Assistência Social, Fundo Social de Solidariedade e APAE.

About the author /


rfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-sliderfwbs-slide
Acessibilidade